Ei, você sabe qual é o seu ‘porquê’?

Já parou para pensar em qual é o ‘porquê’ da sua marca ou empresa? Difícil responder assim na lata, certo? Na verdade, esta não deveria ser uma tarefa assim tão complicada porque é este o motivo de sucesso de algumas pessoas e empresas no mundo. Quer entender e saber como encontrar o seu ‘porquê’? A gente explica com a ajuda do Simon Sinek, um pensador visionário que ensina líderes e organizações como inspirar pessoas através do seus porquês.
Simon ganhou visibilidade depois de uma palestra no TED, isso no longínquo ano de 2009. Hoje essa palestra já conta com mais de 22.500.000 visualizações na plataforma online da conferência. Bateu uma curiosidade? Clique na imagem abaixo para conferir a palestra na íntegra.

 

 

“Existem líderes e existem os que lideram. Os líderes exercem uma posição de poder ou influência. Os que lideram nos inspiram. Quer sejam indivíduos ou organizações, nós seguimos quem lidera não porque precisamos, mas porque queremos. Seguimos os que lideram não por eles, mas por nós mesmos.”

Simon Sinek – Start with why: how great leaders inspire everyone to take action

Na palestra, e também no livro lançado sobre o tema, Simon discorre sobre como a maioria das empresas sabem exatamente ‘o que’ e ‘como’ fazem o que fazem, mas não sabem o real motivo de fazerem tudo isso. E é sabendo responder a esta motivação e descobrir o real propósito do negócio que está o grande determinante de sucesso (e o caminho para conquistar o consumir).

“Meu propósito é ganhar dinheiro”, dizem a maioria dos empresário. Ok. Ninguém é contra o lucro, mas ele é o resultado do trabalho, o que vem depois. O lucro não pode ser encarado como propósito porque isso não é capaz de criar identificação com o consumidor.

Simon explica isso no livro e afirma que o “nosso desejo de sentir que pertencemos é tão poderoso que não medimos esforço, fazemos coisas irracionais e quase sempre gastamos dinheiro para termos esse sentimento. (…) queremos estar em torno de pessoas e organizações que sejam como nós e que participem das nossas crenças. Quando as empresas falam a respeito do que elas fazem e de quão avançados seus produtos são, podem despertar simpatia, mas elas necessariamente não representam algo ao qual nós queremos pertencer. Mas, quando uma empresa claramente comunica o seu porquê, o que ela acredita, e nós acreditamos no que ela acredita, então às vezes fazemos esforços extraordinários para incluir esses produtos ou essas marcas em nossa vida.”

Basta lembrar nas filas quilométricas que os fãs da Apple fazem em frente às lojas na véspera de algum lançamento. Os produtos da empresa não são a principal razão dela ser percebida como superior (existem vários estudos comparativos de produtos que mostram que, às vezes, o concorrente oferece componentes muito melhores em seus produtos). Mas os produtos da Apple são provas tangíveis daquilo que a empresa acredita. Ela começa sua comunicação pelo por quê. E isso faz toda a diferença.

Por isso que Simon criou o Círculo Dourado, um conceito que pretende encontrar ordem e previsibilidade no comportamento humano ao sugerir que todas as nossas ações devam sempre começar com um simples “por que”. Qual é o seu propósito? Por que você se levanta da cama todo santo dia?

 

 

Quer um exemplo prático? Clique na imagem abaixo para assistir ao comercial da Apple de 1997. Nele você não vai ver computadores, telefones ou algum produto da empresa. Apenas um discurso (o porquê) que, ao longo do tempo, foi se traduzindo no design e na comunicação dos produtos da empresa.

 

 

“Mas a Apple é uma gigante e meu negócio é local e ainda muito pequeno”. É bom lembrar que Steve Jobs começou a empresa dentro de uma garagem. E ‘propósito’ não é algo que necessite de escritórios gigantes ou investimentos milionários. Você o encontra no discurso e nas ideias que espera serem capazes de transformar alguma coisa. Tudo o que você precisa é saber como comunicá-lo da melhor maneira, seja em uma palestra ou em um design de embalagem. E é por isso que estamos aqui. Venha bater um papo conosco e contar qual é o seu propósito.

 

“As pessoas não compram o que você faz, elas compram porque você faz isso.”

Simon Sinek

1 93
luminaec_admin

Leave a Reply